Publicado por: Foco na Natureza | 08/07/2014

RESERVA NATURAL VALE–ES

Vale-04 (800x566)

LUGAR
Reserva Natural Vale (RNV) – Sooretama/ES

CARACTERÍSTICAS DO LUGAR
Localizada na região nordeste do estado do Espírito Santo, a Reserva Natural Vale (RNV) é uma das maiores áreas protegidas de Mata Atlântica  de Tabuleiro. Com cerca de 23 mil hectares está localizada em Sooretama, próximo de Linhares. Desde que foi adquirida pela Vale, nos anos 50, segundo o site Reserva Natural Vale , já foram catalogadas mais de 2.800 espécies vegetais, cerca de 1.500 espécies de insetos, mais de 110 de mamíferos, além de 380 aves, o que corresponde a cerca de 20% das espécies de aves registradas em todo o país.
Formada basicamente por floresta de tabuleiro, apresenta muitas características semelhantes à região amazônica: muito plana, árvores de grande porte e curiosamente, aves com ocorrência nestas duas regiões tão distantes. São alguns quilômetros de trilhas muito bem cuidadas , que podem ser percorridas de carro acompanhado de guia credenciado; as áreas são em sua maioria formada por floresta de grandes árvores, mas em alguns pontos tem-se outras formações, como alagados e nativos – formação muito interessante em formato circular onde a vegetação se altera completamente da mata ao redor, muito baixa como se fosse uma restinga interna. Em qualquer lugar é só prestar atenção e aguardar alguns instantes que os animais se aproximam: antas, veados campeiros, guaxinins, macacos prego, além de uma infinidade de espécies de aves muito coloridas. A Reserva se liga à outras áreas importantes de preservação, como a Reserva Biológica de Sooretama, Reservas Biológicas da Fíbria e  da Fazenda Cupido, que ajudam a compor um corredor ambiental. Um verdadeiro paraíso preservado para o futuro da natureza.

Vale-20 (800x566)

COMENTÁRIOS DA VIAGEM
Distante 1.100 km de São Paulo, passando por estradas ora recuperadas, ora precisando  de obras ou em obras, é possível chegar um um dia de São Paulo a Sooretama, mas com bastante cuidado e paciência. Antes de tudo, entramos em contato com o fotógrafo de natureza da região  Gustavo Magnago, que muito gentilmente nos deu várias dicas do passeio e nos indicou o biólogo Tomás Capdeville para nos acompanhar nos três dias que passamos na Reserva. Foram dias de muito aprendizado não só sobre as aves, que o Tomás conhece bem e com conceitos de ornitologia, mas também sobre as formações naturais da região.
Saindo bem cedinho, ainda na área de hospedaria, vários animais nos brindaram com suas presenças ao redor dos muitos pés de palmeiras-juçaras carregadas com seus frutos arroxeados: tiriba-de orelha-branca, curicas, japus e muitas outras aves. No gramado, uma anta muito saudável “desfilou” na nossa frente. Presentes da natureza! Já dentro da mata, percorrendo uma das muitas trilhas internas, aves de várias espécies. Curiosamente para nós, algumas delas avistadas e fotografadas, confirmamos através dos guias de campo que ocorrem predominantemente na Amazônia e restritas a esta região norte do Espírito Santo e sul da Bahia. Para nós, leigos no assunto, mas muito curiosos, um fenômeno de difícil explicação.
Uma das coisas que vale muito a viagem é ficar na hospedaria dentro da Reserva, que deve ser reservada com antecedência: muito confortável e bem cuidada, com todas as refeições de qualidade, é realmente um lugar fora do padrão. Excelente custo-benefício, qualidade que pouco se encontra em lugares longe dos polos metropolitanos no país.
Fora da Reserva, fomos conhecer também a Reserva Biológica da Fazenda Cupido. Interessante por ser uma fazenda de plantação de cacau consorciado com seringueira, de manejo sustentável, conserva uma boa área de reserva biológica, com uma trilha em meio à mata primária, com árvores gigantescas e um sub-bosque limpo. Muito interessante esta formação de tabuleiro que, mesmo sendo de Mata Atlântica, mais se assemelha à floresta Amazônica. Passa-se bem meio dia percorrendo esta trilha, muito bem cuidada e com probabilidade de avistar várias aves, além do especial pica-pau-amarelo muito difícil de fotografar por ficar somente nas copas das enormes árvores,  mas valeu muito observá-los. Nesta Reserva o Mutum-do bico-vermelho, endêmico,  passeia entre os pés de cacau.

Foram três dias perfeitos junto à natureza; seguimos então para o Monumento Natural dos Pontões Capixabas, em Pancas. Fantástica formação geológica em Pancas. Mas aí já é outra história…

DATA
De 10 a 13 de maio de 2014

CLIMA
Temperaturas na faixa dos  25o C durante o dia, mantend0-se quase constante à noite. Muito agradável, mesmo estando quase ao nível do mar (altitude em torno de 50m).

COORDENADAS
19o 09′  04″ S      40o 04′ 42″ W

Na imagem abaixo, a localização da área da Reserva Natural da Vale e áreas de preservação adjacentes, como a Reserva Ecológica de Sooretama.

imagem aérea

FOTOS
Para ver mais fotos deste passeio acesse as imagens em: Reserva Natural Vale

Vale-07 (800x566)Vale-29 (800x566)Vale-39 (800x566)Vale-60 (800x566)

Anúncios

Responses

  1. Saudações Silvia & Publio, estive de. Julho uma semana percorrendo as cidades de ES, com o excelente guia da região Gustavo Magnago, foi com minha esposa Mara e o amigo Lindolfo Souto e sua esposa, ficamos três dias na reserva e o restante em Aracruz, Afonso Cláudio, Viana,tentamos um dia e meio registrar a Saíra Apunhalada, mas não tivemos sorte, conseguimos 41 Lifers, valeu a pena, o. Gustavo conhece muito bem a região, em Outubro vou ao Pantanal Norte , com o. Géiser Trivelato, aos poucos estou colocando as fotos no Wiki, um abraço continuem mandando novos roteiros.


Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: